sexta-feira, 23 de março de 2012

Romeus e Julietas

          Incomodado com o inóspito tempo que passa sem parar.  Fujo das desilusões do amor, e me aproximo sem mais nem menos da razão. Mas nele Acredito. Deixo aqui, minha observação pessoal e crítica ao preponderante e mais ousado sentimento que abrange os corações, do mais simples e puro ao mais vulgar. Do pequenino inocente ao mais idoso que viva neste mundo ou em outro possivelmente.  Persevero dignamente em minha vida de Romeu, enquanto vivo indispensavelmente à procura da minha Julieta. O amor às vezes pode ser surpreendente. Digo-lhes diante mão que odeio surpresas. Mas de uns tempos pra cá pude perceber que elas são essenciais, quando se fala de amor. Sou adepto da razão, como já lhes disse. Já aprendi muito com as desilusões do amor e sei como elas acontecem, sei tão bem que já nem acredito nelas. Mesmo assim, procuro minha Julieta.
Minha querida Julieta que me brinda com sua aurora límpida e sua singela face, a mais bela face, seu corpo escultural e sua voz fina e melódica, mas nos meus sonhos, somente neles. Não, mas essa não é a minha Julieta. Não procuro sinceramente uma beleza exterior, dessas Julietas já conheço várias. Mas meus sonhos insistem nas líricas e harmoniosas moças de cheiro exalando rosas e corpos contornados. Julietas de verdade são sinceras e buscam indispensavelmente seus Romeus, ou os espera encontrá-las. Romeus de verdade... Vocês, Julietas , saberão reconhecer. E vocês Romeus, saberão como agir verdadeiramente.
Às vezes pode parecer clichê pra alguém, quase sempre. As pessoas hoje em dia vivem por viver e não reconhecem as mais importantes vidas que estão entre elas. Quantos e quantos Romeus já não perderam de vista e quantas julietas também não perderam?  A vida nas cidades está cada vez mais vulgar e suja, as ruas estão sujas, os vocabulários e as pessoas. Está tão sujo que se passa um Romeu na rua, ele é logo julgado por um e por outro e não é reconhecido. Como um verdadeiro Romeu.  A vida perdeu sua essência, a educação já não é tão importante quanto deveria ser, e os representantes políticos fazem suas campanhas em cima de projetos populares que pouco trazem benefícios futuros. Tendo um bom argumento para defender a vida, posso dizê-lo agora: Ame. O amor tem o poder de mudar o mundo.
Mas não ame por amar, não diga que ama sem amar, não machuque o coração de uma mulher, ela pode ser a Julieta de alguém. E não machuquem os corações dos homens eles podem ser, ao contrário do que vocês pensam, o Romeu de alguém.  Meninos, queiram ser Romeus, queiram tratar toda e qualquer mulher não como um objeto, mas como a melhor coisa que lhes aconteceram, trate-as com carinha, afeto, gentileza, preocupação, educação, calma... é disso que elas precisam, é isso que as Julietas procuram em um homem, em um Romeu. Meninas, tratem os meninos com carinho, afeto, preocupação, gentileza, educação, calma, atenção... É disso que eles precisam, é isso que os Romeus procuram em uma mulher.
Gentileza gera gentileza, não se preocupe se você, Julieta, não encontrou ainda seu Romeu, tenho certeza que tem muitos espalhados por ai, muitos com o coração ainda congelado pelo tempo, mas que quando ele te conhecer certamente irá te reconhecer e toda aquela casca de pedra irá se quebrar e vocês viverão a maior história de amor que já se ouviu falar. Romeus, não se preocupem se vocês ainda não acharam suas Julietas, o amor é assim, tem suas surpresas, ela pode está onde você menos imagina. Tenha cuidado muitas delas ainda não sabem ser Julietas, assim como muitos não sabem ser Romeus, mas cada um tem dentro de si, um pouco de cada. Você saberá reconhecer.
Com certeza para cada Romeu, existe uma Julieta e as histórias de amor se repetem constantemente, todos os dias, por aqueles que ainda não se encontraram e perdem seus tempos com amores fracos e cruéis, enquanto não abrem os olhos pra enxergar a verdadeira face do homem de verdade e saber reconhecê-lo. Ainda Há muito o se mudar nas mentes dos jovens e nas mentes da humanidade. O respeito está cada vez mais em falta e a indiferença tomou conta de todos os corações, talvez porque as possibilidades, os amores falsos, e tudo aquilo que eles não prestaram atenção antes e não se preocuparam tenha os mudado. E a preocupação por parte dos Romeus de verdade, é que isso tenha mudado a essência de ser, humano, de cada um. A essência de amar, de acreditar, de lutar por um amor até a morte. De morrer por ele, pra viver a eternidade juntos. Isso, meu amigo, não anda sendo reconhecido.


Um comentário: