sexta-feira, 4 de junho de 2010

Grande besteira...

Grande besteira, pensar que tudo isso é amizade

Grande besteira, agir como se isso fosse a tua vida

Grande besteira, enfrentar as dores do coração e descobrir que ele não é teu

Besteira tua, querer viver sem ter perdão

Besteira tua, querer viver na confusão

Grande confusão enobrece a alma do mais fraco

Apodrece a alma do mais forte, que nem sempre tem a razão

Grande ilusão, achar que tem a verdade e na verdade só tem mentira

Corrupção, no coração

Grande coração dos que amam de verdade

Guarda o amor e o carinho de todos em um só peito, num só coração

Grande prisão, dos que só pensam em si mesmos

Vivem da ilusão de um mundo só deles

São podres de ricos, podres de alma e de coração

Grande poema de palavras sujas e mal interpretadas

Poluindo a minha literatura com palavras que não fazem parte da minha vida

Grande besteira a minha, me envolver nessa confusão

Que de boa não tem nada e que só vai ter um ganhador...

.

Título by Anarco Qr. ~~> Dois Pontos

4 comentários:

Anarco Quaresma disse...

Muito bom, André, isso alerta muita
gente que acha que é "boa" só poer ser podre de rica, mas no seu subconciente ela é pobre de coração
e de várias qualidades que realmente vale a pena se ter.

-- --
Anarco Qr.

Larissa Freitas disse...

Esse é ótimo viu André!
Vai fazer com que muita gente pare pra pensar um pouco!
Isso é apenas a realidade né...

Junior disse...

Olhaa.. um dos textos mais pensantes q li aqui :)

Pessoas que pensam q tem tudo, podem cair na real, e ver q nõ é bem assim .. não se pode ter tudo .
Nem sempre temos aamizade q pensamos ter, né isso ?
Nem sempre temos a verdade ..
é diificil ser completo .

Bom Texto :)

Juniior'Fosharini ^^

Rafa Holz disse...

queem escreve andré? você?
mt boom, adorei :D