terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

A chave.



Na incerteza das possibilidades das almas perdidas, encontro uma esperança no fim da estrada, e tentando  finalizar minha estranha passagem naquele lugar submerso de poesia. Acabo de ler o livro, repleto de magia e de conhecimento, entrego-te a chave da libertação, os segredos da alma e do coração. Caba somente à você o dom de entregar a outra pessoa, a libertação necessária pra achar o final do caminho, o qual é tão misterioso quanto o conhecimento abstrato da vida.


foto: @candyisout

Um comentário:

HEL.L disse...

Nem consegui me consentrar no post, q gata velho.