quarta-feira, 30 de junho de 2010

O fim..

Nostalgia do acaso

Quem diria...

Percepção plena da tristeza do homem

No ponto final da história de um companheiro

Coincidência ou não, vivemos apenas para isso

Palavras tortas definem uma história que acaba num piscar de olhos

Sem que você possa desfrutar de sua totalidade.

Desejos e planos são definitivamente cortados dos nossos corações

A escuridão passa a ser luz

E o ódio passa a ser amor

E tudo que você viveu, fica apenas na história

A vida, meu amigo, é muito frágil, viva intensamente cada momento

Curta a vida com os amigos, e nunca se sinta sozinho, eu estarei com você!

É quando a dor alimenta a alma e a compaixão enche nossos corações.

Um comentário:

Maycon Aguiar disse...

Acham estranho, mas a escuridão tem uma conotação especial para mim. Ao contrário da luz, dá-nos um desconhecido como base. Instiga, sabe? Belo poema.

Abraço!